O prefeito de Várzea Paulista, Juvenal Rossi, oficializou em seu gabinete, na manhã de quinta-feira (28), a vinda de R$ 231.760 da Fundação Itaú Social, para o programa de apadrinhamento afetivo de crianças e adolescentes Entrelaços — parceria entre o abrigo Sítio Agar e a Vara da Infância e da Juventude de Várzea Paulista. Junto de representantes da entidade varzina e da Unidade Gestora de Desenvolvimento Social, o gestor assinou o repasse de R$ 190 mil e tomou ciência da doação de R$ 41.760, que somam o valor a ser aplicado na iniciativa ao longo de 2020.



Na segunda quinzena de janeiro, os recursos serão encaminhados ao FMDCA (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente) de Várzea Paulista. De lá, as verbas serão repassadas ao Sítio Agar, que usará parte do dinheiro para a construção de um espaço adequado às atividades das famílias dos padrinhos afetivos com os menores apadrinhados, atendidos pela instituição. O restante da verba será utilizado na contratação de estagiários que conduzirão as ações e de uma consultoria, que vai capacitar esses funcionários continuamente.

“A Fundação Itaú Social vai nos ajudar a dar início a esse programa, que passa a fazer parte das atividades fixas do Sítio Agar, até por ser uma exigência legal”, explica o relações institucionais do abrigo, Cleber Cruz. Os recursos deverão ser aplicados no prazo de 12 meses, no qual a iniciativa já estará implementada.

Segundo o representante, que também é vice-presidente do CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), a verba foi obtida após a indicação do programa no edital aberto pela Itaú Social para Fundos da Infância e da Adolescência. Um dos pré-requisitos para a aprovação por parte da instituição financeira é ter o projeto aprovado por consenso pelo colegiado municipal, responsável por inscrever a proposta. Também é exigida uma documentação específica da entidade que apresenta o projeto, além de um histórico de resultados em trabalhos com crianças e adolescentes e outros requisitos.



O resultado, com a aprovação da verba para Várzea Paulista, a única cidade da região a ser contemplada, veio há poucos dias. O valor, para contemplar fundos como o FMDCA de todo o país, vem da destinação de 1% do IR (Imposto de Renda) devido das empresas do Conglomerado Itaú Unibanco Holding S.A., e da destinação de até 6% do IR devido dos funcionários do Itaú.

O prefeito ressaltou que sempre ajudou o Sítio Agar e gosta de saber que o repasse da Prefeitura à entidade é bem utilizado. Rossi enalteceu a importância do Entrelaços. “É preciso buscar fazer algo diferente por esses menores acolhidos e não apenas deixar o tempo passar. Imagino o que passa pela cabeça deles quando vão dormir, ou no Natal, por exemplo. Contem comigo para o que eu puder apoiar”, afirmou.

Rossi elogiou Cruz e declarou ser importante fazer um bom planejamento para buscar verbas viabilizadoras de boas ações públicas. “Parabéns a você pela iniciativa! É preciso buscar projetos que contemplam programas idealizados. Existe dinheiro para aplicar em bons programas, desde que se faça o planejamento correto e se saiba como buscar os recursos”, elogiou.



Saiba como se inscrever

Já há famílias cadastradas fazendo os trâmites do Fórum para apadrinhar os menores do Sítio Agar, que hoje são 20 no total, dentre os quais oito adolescentes. Para se inscrever e realizar os trâmites que determinam se é possível ser um padrinho social, basta contatar o Fórum pelos telefones (11) 4606-0565 ou 4606-1877, ramal 217 (Setor Técnico do Fórum de Várzea Paulista), de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 19h.