Agnaldo, que confessou matar Emanuelle Pestana de Castro de apenas 8 anos, é vizinho da família e relatou, durante depoimento à polícia, que matou a menina por vingança contra a mãe dela. Segundo ele, a mulher não deixava a menina brincar com o enteado dele. No entanto, essa versão dos fatos é questionada pela polícia. As informações são do Portal G1




O acusado contou à polícia que matou Emanuelle por vingança contra a mãe dela, já que a mulher não deixava a menina brincar com o enteado dele. Essa versão dos fatos é questionada pela polícia.

Agnaldo foi preso em flagrante e levado para a cadeia. Ele vai ser investigado por homicídio qualificado e ocultação de cadáver.




A perícia identificou marcas de faca nas costas e no peito da menina. O corpo de Emanuelle foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) e o exame de corpo de delito deve apontar se houve abuso sexual.

O corpo de Emanuelle foi encontrado na noite de segunda-feira (13) em uma área de mata na Fazenda Santana Nova, depois que o suspeito Agnaldo Guilherme Assunção, 49 anos, confessou que matou a menina a facadas e apontou o local do corpo.